Inadimplente pode ter a carteira de motorista suspensa

Conforme a Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu, com base no Artigo 139 do Código de Processo Civil, a carteira de motorista pode ser suspensa como critério para obrigar inadimplentes a regularizarem débitos decorrentes de ordem judicial que tenha por objeto prestação pecuniária.

Apesar de a medida ter sido tomada em uma ação específica, pode servir de precedente para casos semelhantes.


Em relação à suspensão da CNH do devedor, o ministro disse que a jurisprudência do STJ já se posicionou no sentido de que referida medida não ocasiona ofensa ao direito de ir e vir. Para Salomão, neste ponto, o recurso não deve nem ser conhecido, já que o habeas corpus existe para proteger o direito de locomoção.

“Inquestionavelmente, com a decretação da medida, segue o detentor da habilitação com capacidade de ir e vir, para todo e qualquer lugar, desde que não o faça como condutor do veículo”, afirmou Salomão.


O ministro admitiu que a retenção da CNH poderia causar problemas graves para quem usasse o documento profissionalmente, mas disse que, nesses casos, a possibilidade de impugnação da decisão seria certa, porém por outra via diversa do habeas corpus, “porque sua razão não será a coação ilegal ou arbitrária ao direito de locomoção”.

Fonte: Superior Tribunal de Justiça (STJ) | Ref. Processo RHC 97876

Contato

Preencha o formulário:

Nome e sobrenome*


Mensagem*


Localização

Goiás ❘ Tocantins

  • Aparecida de Goiânia, Goiás, Brasil
  • Através do formulário
  • Através do formulário
  • www.fabioleme.com

Pages